Saúde e bem estar!

11 9.6421-9804

Av. Dom Pedro I, 1.783 - Sto. André

O que fazemos?

No primeiro encontro é realizada avaliação antropométrica e composição corporal: peso, altura, circunferências, massa muscular, percentual de gordura corporal e avaliação clínica (hábitos alimentares, patologias existentes, uso de medicamentos ou suplementos, exames laboratoriais, rotina de trabalho, atividades físicas, entre outras).

 

Desta forma, através dos dados obtidos e do objetivo apresentado, é elaborado um plano alimentar específico, conforme as necessidades nutricionais, hábitos alimentares e estilo de vida do paciente, pois cada indivíduo é único e tem necessidades únicas, devendo ser tratado como tal. Caso seja necessário, será incluída a prescrição de fitoterápicos e/ou suplementos.

Acompanhamento pós cirurgia bariátrica

Os pacientes terão toda a orientação necessária quanto a realização da dieta e sua evolução. Com o uso correto de suplementos de vitaminas e minerais, como profilaxia, assim como a escolha correta de alimentos fonte impedindo deficiências nutricionais futuras. O acompanhamento nutricional deve ser realizado até o segundo ano após a cirurgia.

Controle de peso na gestação

O acompanhamento nutricional é importante para que a gestante possa controlar o ganho de peso durante esse período. Gestantes que iniciam a gravidez com peso normal devem ganhar, em média, de 9 a 12 kg. Aumentos excessivos podem trazer complicações, como o diabetes gestacional e hipertensão, a qual pode levar à pré-eclâmpsia e complicações no momento do parto. Além disso, estudos demonstram que bebês que nascem acima do peso podem vir a se tornar adultos obesos e adquirir doenças crônicas, como o diabetes.

Controle de pressão alta

O controle da hipertensão por meio de medidas dietéticas específicas visa não apenas à redução da pressão alta, mas também à inclusão de hábitos alimentares permanentes à rotina do paciente. Uma nutrição adequada (alimentação com pouco sal, gordura e colesterol) e modificações do estilo de vida (redução do consumo de bebidas alcoólicas, abandono do fumo, redução do peso e atividade física), têm uma participação significativa no tratamento dessa doença.

Diabetes

O objetivo é promover melhor aceitação e adesão à dieta e, assim, melhorar a qualidade de vida desta população. A alimentação deve ser nutricionalmente balanceada e fracionada, nela deve conter todas as categorias de alimentos com características bioquímicas que auxiliem no metabolismo da glicose, sem restrições abusivas. No entanto, devem ser consumidos com moderação, dando preferência aos carboidratos (CHO) complexos, carnes magras, leite desnatado, verduras, legumes, frutas e cereais integrais.

Emagrecimento

O planejamento de uma “dieta” ou programa alimentar para perda de peso deve ser individualizado, realizado após avaliação clínica, antropométrica e nutricional de cada indivíduo. Atualmente existem muitas dietas com restrições de grupos alimentares que prometem emagrecimento rápido e muitas vezes criados por pessoas não especializadas na área. Por isso é muito importante que o nutricionista faça parte desse processo.

Fitoterapia

São medicamentos naturais prescritos para o auxílio do tratamento em que o paciente está passando. Existem inúmeros fitoterápicos como para o auxílio do emagrecimento, no auxílio de insônia, problemas intestinais, diabetes entre outros.

Intolerância e alergias

O tratamento do paciente com intolerâncias ou alergias consiste na exclusão do alimento identificado por causar os sintomas. Mas vale ressaltar que esse diagnóstico deve ser realizado pelo profissional de saúde habilitado. Sendo necessário o acompanhamento nutricional para adequar a alimentação do paciente como forma de prevenção e tratamento do quadro sintomático, também, para evitar possíveis deficiências nutricionais.

Obesidade infantil

O acompanhamento nutricional em crianças e adolescentes será para promover alimentação saudável para uma melhor qualidade de vida, pois juntamente com a obesidade está associada diversas patologias como hipertensão arterial, colesterol alto, até mesmo o surgimento de diabetes. Doenças que frequentemente eram verificadas em pessoal mais velhas hoje em dia estão atingindo em grande escala essa faixa etária devido ao novo estilo de vida.

Copyright © Espaço Corpo Leve

Todos os direitos reservados

Desenvolvido por

Sogno Comunicação

CONTATO

11 9.6421-9804

Av. Dom Pedro I, 1.783 - Vila Pires -Santo André - SP